segunda-feira, 21 de maio de 2018

Peça a certificação energética da sua casa e evite as multas



Se está a pensar vender ou arrendar a sua casa, então tem que pedir a emissão de um certificado energético junto da ADENE. Fique a saber quando é que é obrigatório fazer uma auditoria energética e quanto arrisca a pagar se não o fizer!

O que avalia a certificação energética?


O certificado energético avalia o consumo e as perdas de energia da sua casa. Para isso, tem em consideração os seguintes factores:

  • localização
  • o ano de construção 
  • se é um prédio ou uma moradia
  • o piso e a área
  • os materiais de construção, nomeadamente nos pavimentos, na cobertura, nas paredes e nos envidraçados
  • a climatização e o sistema de aquecimento de água. 

Consoante estas variáveis, é-lhe atribuída uma classificação entre A+ e F. Geralmente, o certificado também inclui uma lista de medidas que pode pôr em prática para diminuir o desperdício de energia (por exemplo, colocar janelas duplas). No fundo, é uma auditoria energética à sua casa.

A certificação energética é obrigatória?

Sim. No caso dos edifícios habitacionais, a certificação energética é obrigatória nas seguintes circunstâncias:
  • em edifícios novos e velhos, sempre que são colocados para venda ou arrendamento;
  • para celebrar contratos de compra e venda ou de arrendamento;
  • quando há obras no edifício que superam os 25% do seu valor total. 

O que acontece se arrendar a minha casa sem pedir a emissão do certificado?


A classificação energética do imóvel deve constar em qualquer contrato de venda ou de arrendamento. Por isso, se arrendar ou vender a sua casa sem fazer uma auditoria energética, estará a cometer uma infração punida por lei. O valor das multas vai dos 250 aos 3740€ para os particulares (consoante o tipo de imóvel) e de 2500 a 44890€ para as empresas.


Não arrisque! Se vai celebrar um contrato de compra& venda ou de arrendamento, contacte um técnico de certificação energética. Pode procurar peritos qualificados por todo o país no site da Agência para a Energia, a ADENE, ou clicar nos seguintes links:

  • empresas de auditoria energética no Porto
  • empresas de auditoria energética em Lisboa

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Onde encontrar um decorador de interiores em Portugal?


Pouco a pouco, está-se a tornar cada vez mais comum contratar profissionais de decoração de interior. Mas mesmo assim nem sempre é óbvio onde é que podemos encontrar um decorador de interiores que seja capaz de concretizar o que temos em mente. Felizmente, a solução é mais fácil do que parece: está online.

Decorador de Interiores em Lisboa
Lisboa é uma das cidades portuguesas em que podemos encontrar mais lojas e ateliers dedicados à decoração de interior. É lá que encontramos os grandes nomes da decoração portuguesa, mas também novos talentos prontos a dar uma nova vida à sua casa. Peça sempre para ver o portefólio, converse sobre o tipo de decoração de interior que mais lhe agrada e deixe-se levar pelo seu instinto. Pode começar a busca pela lista de decoradores do Fixando avaliados por outros clientes.



Decorador de Interiores no Porto
Também na segunda maior cidade do país está cada vez mais fácil encontrar profissionais de decoração de interior. Tal como em Lisboa, é mais fácil encontrá-los online, em plataformas como o Fixando, que lhe permitem receber diferentes propostas, perceber o tipo de perfil do decorador, comparar preços e ler as críticas de antigos clientes.

Decoradores de Interiores em Portugal
Embora lhe possa parecer inacreditável, há decoradores por todo o país. Pode começar por perguntar a conhecidos se recomendam alguém, ou pode usar o mesmo método que usamos para Lisboa e Porto: procurar online. A maioria dos profissionais de decoração interior têm perfis online, páginas nas redes sociais ou website.



Se não tiver muita disponibilidade para pesquisar, pode também submeter um pedido de decoração de interiores no Fixando. A plataforma faz-lhe algumas perguntas simples para perceber a extensão da obra e pede o seu código postal. Dentro de pouco tempo, deverá estar a receber propostas de diferentes profissionais na sua área de residência ou dispostos a deslocar-se. Vai ver que não se arrepende! 
-->

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Nova York e o Natal

Big Apple, Naked City, Capital of the World, the city that never sleeps, Nova Iorque tem várias "alcunhas", todas elas apropriadas. Desde a sua fundação em 1625 que a cidade é um dos mais procurados destinos para emigração, tornando-a étnica e culturalmente diversificada. Qualquer um dos "bairros" de Nova Iorque tem uma identidade própria.

Com os preços a baixarem e com a aproximação do Natal, Nova Iorque torna-se ainda mais apetecível.

Comece já a pensar no seu destino turístico para o Ano Novo.

domingo, 9 de agosto de 2009

Férias em Espanha

Barcelona
É uma cidade que tem a vantagem de estar a uma hora de voo e ter praia. Virada para o Mediterrâneo, está destinada a dar prazer a habitantes e visitantes. As geniais obras públicas de Gaudí, MIró e Montaner; a zona de Port Vell, a Barceloneta ou o Porto Olímpico são algumas das atracções.

Mais informações em www.barcelonaturisme.com


Menorca

Fica a duas horas de voo e será, porventura, a ilha mais bonita do Mediterrâneo. Tem duas cores: verde (dos pinheiros) e azul-turquesa, do mar que banha os 268 km da costa recortada por arribas, baías, praias e recantos chamados "calas". Menorca não é um destino de massas com as vizinhas Maiorca e Ibiza. É tranquila, campestre, carregada de História e tradições. Devido às dimensões da ilha, aconselha-se reserva com antecedência.
Mais informações em www.visitmenorca.com

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Destinos para o mês de AGOSTO

_Onde ir_

Madagascar e Bali (Indonésia)

Paisagens de sonho, dias tranquilos e solarengos e noites amenas em bares de rua e esplanadas de praia.

St. Tropez (França) e Monte Carlo (Mónaco)
O melhor window-shopping (ver montras) faz-se lá.

Cuidados a ter
Vacine-se contra a febre tifóide e a hepatite A se for para Madagascar ou para Bali. As doenças derivadas do consumo de água e alimentos mal higienizados apelam a cautelas redobradas, assim como as picadas de malária (Madagascar e ilhas à volta de Bali) e dengue (Bali). O uso de protectores solares com grau de protecção baixa comprados em supermercados de ocasião também são de evitar.

_A evitar_
Deserto do Namibe
A não ser que consiga andar com uma piscina transportável atrás.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Casas de Férias

Marcou as suas férias em cima da hora e não tem para onde ir? Procure no Coisas.com classificados de casas de férias e alugue já um cantinho para uns dias de descanso!

Seleccione a sua área de residência (Lisboa, Porto, Coimbra, etc...) e pesquise por "Casas de Férias".

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Destinos para o mês de JULHO

_Onde ir_

Ilhas Galápagos

Está no máximo do seu esplendor. Avistam-se facilmente baleias a passear com as crias e rochas acolhem o regresso dos pássaros migratórios.

São Francisco e San Diego (EUA)

Ambiente fervilhante nestas cidades satélites da cultura cool e liberal.

Cuidados a ter
Nas Ilhas Galápagos, precavina-se para evitar doenças provocadas pela ingestão de águas e alimentos.

_A evitar_

Casablanca (Marrocos)

Tórrida e poeirenta. Se faz mesmo questão de visitar este país, fuja para Essaouira.